Mercado Financeiro

Educação política para fomentar o cooperativismo

12 de setembro de 2022

EDIÇÃO Nº 46 - SETEMBRO/2022

Falar de política não é o mesmo que falar sobre partidos políticos. Em um ano eleitoral é possível confundir educação política com bandeira partidária, mas entender todo o processo com consciência e conhecimento sobre o assunto é fundamental para toda a sociedade.

Afinal, é por meio do sistema político e da representação nos poderes legislativo e executivo que vozes e necessidades setoriais são ouvidas para impulsionar ações, projetos e leis de impacto positivo na comunidade de atuação. Essa é a ideia do Programa de Educação Política das Cooperativas do Estado do Paraná, do Sistema Ocepar.

Segundo a entidade, por meio de materiais educativos e bem desenvolvidos é possível fortalecer a representação político-institucional do setor cooperativista. “A ideia é fomentar a participação política dos cooperados e das cooperativas de maneira que os interesses do cooperativismo sejam representados no Congresso Nacional, sem a defesa de bandeiras políticas”, destaca Paulo Thomson, gerente de R.H.  e Meios de Pagamento da Uniprime do Brasil.

O objetivo da iniciativa do Sistema Ocepar é incentivar o voto consciente e a escolha de candidatos alinhados com os princípios cooperativistas para que, quando eleitos, possam fazer parte da Frente Parlamentar do Cooperativismo (Frencoop) no Congresso Nacional, com compromisso e transparência.

Essa ação é compartilhada entre todas as cooperativas brasileiras para contribuir com a disseminação de informação técnica de qualidade sobre o processo político e eleitoral do Brasil.

Compartilhe: